International Contemporary Sculpture Museum

Santo Tirso, Portugal

Função:

Fazem parte da intervenção desde projecto, localizado em Santo Tirso, duas zonas, A e B, constituídas por trabalhos novos e de recuperação, respectivamente, e cuja co-autoria pertence aos arquitectos Álvaro Siza e Eduardo Souto Moura.

De destacar a ausência de espaço envolvente, e por conseguinte a grande dificuldade de execução dos trabalhos. Por um lado, a grande confinação pelos edifícios circundantes (o Convento, a Capela, a Escola Agrária e a rua, todos em funcionamento); por outro, a forte exigência programática imposta aos arquitectos.

Estas dificuldades traduziram-se na realização de algumas contenções especiais, dado as escavações serem superiores a 8 metros…; no recalcamento de algumas fundações existentes dada a proximidade de zonas enterradas adjacentes ao convento existente (séc. XVII mas a sua origem remonta ao séc. XI), etc…

Existe uma forte ligação entre a definição espacial e tipológica e a solução construtiva utilizada, traduzindo-se numa perfeita racionalidade que de algum modo se pode induzir à perfeita consciência antecipada das dificuldades inerentes à sua execução. A escolha de soluções construtivas e materiais eficientes, devidamente ajustadas ao tipo de intervenção proposto, também se reflecte pela execução relativamente rápida dos trabalhos (face às adversidades existentes), conseguindo respeitar as preexistências e ao mesmo tempo adequar os edifícios às suas novas funções.

Localização

revista online

artigo online

Localização: Santo Tirso, Portugal
Função:
Cliente: City Hall of Santo Tirso
Ano: 2012
Área: 2 150 m2